Glúten Ligado a Problemas Hormonais

Uma relação estreita foi estabelecida na literatura medical, entre intolerância ao glúten e as hormonas progesterona e estrogénio. As nossas hormonas enlouquecem com glúten de trigo moderno sendo que este tem sido apontado como um "perturbador de hormonas" em muitos estudos.

Abaixo, algumas das "doenças hormonais" comumente influenciadas pela uma dieta livre de glúten:

- Endometriose

- Diabetes (Tipo I e II)

- Hipotiroidismo

- Infertilidade

- Atraso no crescimento das crianças

- Síndrome Pré-menstrual

- Síndrome do Ovário Policístico

O desequilíbrio hormonal induzido pelo glúten pode ocorrer através de vários mecanismos:

  • O glúten pode causar má absorção de gordura, que leva à deficiência de hormonas femininas.

 

  • O glúten pode causar má absorção de vitaminas e minerais que ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, a função da hormona da tiróide, o equilíbrio de estrogénio e progesterona, testosterona, cortisol, adrenalina, dopamina, serotonina e a produção da hormona de crescimento.

 

  • O glúten pode causar inflamação que danifica os órgãos responsáveis ​​pela produção de hormonas.

 

  • O glúten pode induzir reações auto-imunes que levam a que o sistema imunológico do corpo ataca as hormonas, os recetores hormonais e os órgãos responsáveis ​​pela produção de hormonas.

 

  • O glúten pode favorecer a hiper-permeabilidade intestinal, que contribui para a disfunção do sistema imunitário e da sua regulação.

Além disso, a maioria dos pacientes que têm intolerância ao glúten também têm um desequilíbrio hormonal a nível das glândulas suprarrenais e os sintomas agravam-se na menopausa. Graves problemas de saúde, muitas vezes, revelam-se quando uma mulher que tem uma intolerância ao glúten alcançou a peri-menopausa. Quando a produção ovariana de hormonas sexuais diminui, o desequilíbrio hormonal resultante é agravado pelo elevado consumo de glúten. O stress causado pela inflamação do trato gastrointestinal e pela instabilidade dos níveis de açúcar no sangue, fazem aumentar a produção de cortisol pelas glândulas suprarrenais. Isso aumenta a quantidade de gordura corporal e muitas vezes provoca fadiga e um humor instável. 

Quando as mulheres que são intolerantes ao glúten continuam a comer alimentos que contêm glúten, e que já não pode absorver os nutrientes que precisam, os seus níveis de cortisol vão cair para o mais baixo possível, o que pode causar um esgotamento das glândulas suprarrenais.

 

A maioria das pessoas que são sensíveis ao glúten, não sabem que são. Elas aprenderam a viver com seus problemas de saúde, pensando que estes problemas fazem parte de uma vida normal principalmente quando envelhecemos.

© 2014 por Spiralis.