Terapia Sacro Craniana

1/6

Esta terapia faz parte das terapias não-invasivas usadas para reequilibrar o corpo humano, prevenindo e melhorando a saúde no seu todo.
 

A Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral) usa um conjunto de técnicas para relaxar e equilibrar o corpo e todo o sistema sacro craniano de forma a eliminar tensões e obstáculos que se opõem à livre circulação do liquido céfalo-raquidiano, ao bem estar e à saúde da pessoa através de movimentos e toques extremamente lentos. Tudo aquilo que altera ou afeta o livre movimento do liquido céfalo-raquidiano deve ser corrigido para que o sistema nervoso e o corpo funcionem o melhor possível.

  • Melhoramento de todo o funcionamento do sistema sacro craniano o qual melhora o funcionamento do sistema nervoso central

 

  • Eliminação dos efeitos negativos do stress, depressão

 

  • Terapia pré e pós Parto

 

  • Fadiga Crónica, alterando e direcionando o ritmo sacro cranial

 

  • Problemas do aparelho genital feminino, dores menstruais, dificuldade em engravidar etc..

 

  • Facilita a dor no parto

 

  • Desordens do sistema nervoso central (as que têm por base alterações ou deficiências (disfunções) do sistema sacro craniano)

 

  • Autismo; Paralisia; Dislexia; Bruxismo

 

  • Asma, bronquite, problemas respiratórios, etc.

 

  • Sinusite, tonturas e zumbidos

 

  • Enxaquecas, Dores de cabeça, dores de pescoço, costas etc.

 

  • Disfunção da articulação temporomandibular (ATM)

 

  • Problemas de olhos como estrabismo, etc.

 

  • Hiperatividade, desordens de atenção, etc.

 

  • Aumento da resistência à doença e melhoramento de toda a saúde.

 

  • E muitas outras condições.

Libertação Somato Emocional

 

A Terapia de Libertação Somato Emocional ( SER ) é uma extensão da Terapia Sacro Craniana e tem como objectivo facilitar o processo de libertação do corpo e da mente dos efeitos residuais dos vários traumas físicos e emocionais que podem permanecer durante anos, criando quadros clínicos que por vezes são abordados incorrectamente.

Durante uma sessão de Libertação Somato Emocional, o terapeuta desempenha um papel de facilitador, com o fim de proporcionar à pessoa meios que a permitam expressar aquilo que sente durante a sessão e ir ao encontro daquilo que a afecta.

 

Trabalham-se várias estruturas, incluindo diafragma torácico, base craniana, palato duro, etc. Usando um método de diálogo específico e utilizando as mãos para seguir a reacção das fáscias do corpo, podem localizar-se zonas de tensão, os chamados "quistos energéticos" , zonas residuais de stress físico e emocional, os quais podem decerto modo inibir ou interferir com a função natural do sistema e desencadear alterações no ser humano.

 

Emoções tais como o ódio, a raiva, a culpa, o remorso, etc, são altamente destrutivas e contribuem para que certas disfunções físicas ou emocionais se agravem cada vez com o decorrer dos anos. Estas mesmas emoções podem ainda afectar a função normal dos vários órgãos e alterar a sua fisiologia, criando estados patológicos que muitas das vezes não são detectados atempadamente e podem ter consequências bastante desagradáveis para a pessoa. A terapia de libertação emocional age sobre situações físico-emocionais e ajuda o doente a encontrar-se a si próprio, sem, de modo algum causar qualquer interferência ou influência nas suas decisões.

 

Fonte:

LINK

 

© 2014 por Spiralis.