Naturopatia em Tavira

E21 - 000658.jpg

A especialidade

Reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde), a naturopatia é uma medicina que leva em consideração todos os aspetos da pessoa e procura atuar não sobre o sintoma, mas sobre a causa.

Sendo principalmente uma medicina preventiva, a Naturopatia visa a manter e/ou restaurar a saúde por meios naturais.

 

O naturopata procura restaurar as capacidades de auto-cura de cada indivíduo e a sua abordagem consiste a apoiar-se nos pontos fortes para contrabalançar as fraquezas.

 

Para isso, vamos estabelecer uma avaliação da vitalidade, que não é um diagnóstico, mas que pretende, por diversos meios, medir o nível de vitalidade, estimar sobrecargas e deficiências para estimular e fortalecer essas capacidades.

 

Esse objetivo baseia-se principalmente na alimentação.

O naturopata tem uma dupla missão:

 

  1. de terapeuta, que permite à pessoa recuperar a saúde;

  2. de educador em saúde, pela qual dá conselhos sobre higiene vital, com o objetivo de que a pessoa mantenha a saúde a longo prazo.

O naturopata não deve criar dependência com seus clientes, mas, ao contrário, orientá-los no caminho da saúde, tornando-os atores de sua própria saúde, de forma independente.

Os princípios da Naturopatia

 

A Naturopatia  baseia-se em 4 pilares fundamentais que são os seguintes:

 

  • Primum non nocere - Primeiro não prejudicar.

 

Hipócrates assim o sublinhou “Frente às doenças, ter duas coisas na mente: fazer o bem, ou pelo menos não fazer o mal”.

 

O nosso papel é de observar e apoiar os sintomas que muitas vezes são um sinal de que o processo de cura está em andamento.

 

Remover os sintomas pode causar mais danos do que benefícios. Falamos de "transferência mórbida": a causa continua aí, reduzimos a sua expressão ao silêncio, ela voltará a outro órgão, geralmente amplificado. Por exemplo, tratar um problema de pele, apenas por sintomas visíveis, e ignorar a raiz do problema, pode levar, a longo prazo, a um problema maior noutro órgão que ficará sobrecarregado.

 

O "mal" não se manifesta mais através pele, mas outra saída será criada.


 

  • Vis medicatix naturae - A Natureza tem seu próprio poder de cura.

 

Um corpo humano saudável possui uma capacidade de auto-cura que lhe permite recuperar a saúde por conta própria.

 

No coração do organismo vivo estão as forças vitais para conseguir isso.

 

O nosso papel é facilitar o acesso a essas forças, descobrindo e removendo os obstáculos que estão no caminho.


 

  • Tolle causam - Descubra e trate a causa.

Indo ainda mais longe, Hipócrates disse: “Procure a causa e trate-a, encontre a causa da causa e trate-a, encontre a causa da causa e trate-a”.

 

O nosso papel, portanto, não é tentar agir sobre o sintoma, mas voltar à causa da patologia e atuar sobre esta, para restaurar o equilíbrio natural e garantir que o sintoma já não exista e não tenha mais motivos para se expressar.

  • Docere - Ensinar.

O paciente aprende as regras de funcionamento do seu corpo e como cuidar dele de forma natural.

 

As regras de higiene vital dizem respeito a todas as áreas da vida e consideram as interações que existem entre os planos físico, mental, emocional e espiritual.

 

Cada plano deve ser levado em consideração para recuperar e manter a saúde perfeita.


 

Apoiando esses 4 pilares, tenho várias técnicas que utilizo em sinergia, sempre como parte de um tratamento, mas não necessariamente de forma exaustiva.

 

As três técnicas principais e fundamentais são nutrição e dietética, exercícios físicos e gestão/controlar o mental. Uma consulta deve incluir recomendações nessas 3 áreas.

Os benefícios da Naturopatia

 

Não existem ensaios clínicos com resultados que demonstrem a eficácia da Naturopatia como um sistema integrado mas várias técnicas e abordagens utilizadas foram objeto de ensaios clínicos (Nutrição, Aromaterapia, Gemoterapia, Hidroterapia do Cólon, Jejum, etc.).

No entanto, a Fitoterapia continua a ser a disciplina que, na Naturoterapia, tem sido objeto de maior número de estudos científicos.

 

Em 2003, uma revisão de revisões sistemáticas de ensaios clínicos de terapias complementares revelou que, das 34 revisões analisadas, 20 relacionavam-se ao uso de plantas medicinais.

Utilizo várias terapias (graças à minha formação) para tratar como Homeopatia, Organoterapia, Oligoterapia, Gemoterapia, Fitoterapia, entre outras, dependendo de cada patologia e de cada pessoa utilizo o método que mais adequado.


 

Perder peso

O Naturopata fará uma avaliação do indivíduo. Dependendo do perfil que surgir, ele irá propor medidas totalmente adaptadas para facilitar a perda de peso.

 

O cuidado integral (alimentar, físico ...) permitirá ao indivíduo adotar um novo estilo de vida favorável à eliminação de gorduras. Isso é o que eu chamo de regulação alimentar individualizada.

Fortalece o Sistema Imunológico e luta contra as alergias

 

Muitas vezes, as alergias são devidas a uma disfunção do sistema imunológico. No entanto, podemos corrigir em profundidade os distúrbios relacionados ao sistema imunológico. Medidas dietéticas e nutricionais e o uso de certos remédios naturais ajudarão a melhorar as alergias, fortalecendo o sistema imunológico do indivíduo.

Luta contra a Osteoartrite e Artrose

O desenvolvimento do processo de Osteoartrite está intimamente associado ao estilo de vida de um indivíduo. Além disso, algumas ervas como a Unha do Diabo e o Gengibre reduzem a dor e os sintomas da Osteoartrite.

 

De forma mais geral, uma mudança na dieta pode reduzir a inflamação e melhorar a qualidade de vida das pessoas com Osteoartrite e Aartrose.

 

Pessoalmente, utilizo a regulação alimentar, Organoterapia e Oligoterapia onde os resultados dos pacientes são muito positivos.


 

Problema ORL crónico

Muitas crianças sofrem repetitivamente de Rinofaringite, Otite, Rinite, etc... Ajustando a alimentação, retirando os fatores agravantes, é possível devolver qualidade de vida, e qualidade de saúde à criança.

O trabalho do naturopata

 

Uma consulta de Naturopatia é como uma consulta numa clínica tradicional. No entanto, vou provavelmente fazer mais perguntas sobre sua saúde geral, o seu estilo de vida, os seus hábitos alimentares e até mesmo seu nível de estresse no trabalho...


 

Na verdade, vou tentar encontrar a raiz do seu desconforto antes de intervir. Por exemplo, uma dor de cabeça recorrente não será tratada, a priori, com analgésicos. Antes de oferecer um tratamento, vou-me perguntar de onde vem a dor de cabeça: um distúrbio musculo-esquelético, um problema nutricional (baixo nível de açúcar, por exemplo), falta de sono, estresse excessivo... E, claro, os tratamentos oferecidos estarão de acordo com a abordagem naturopática.


 

A primeira consulta geralmente dura de uma hora a uma hora e meia. As visitas seguintes duram de 30 a 40 minutos.

Contraindicações da Naturopatia

 

A Naturopatia é uma Medicina indicada para todas as pessoas, independentemente da idade ou condição física. Na verdade, quanto mais cedo for feita a prevenção, quanto mais cedo os distúrbios forem tratados depois de se manifestarem, maiores são as chances de restaurar o estado de saúde.

 

Idealmente, a Naturopatia deve ser praticada desde cedo, quando as patologias agudas se manifestam e quando a força vital está no seu máximo.

Contraindicações

 

Mesmo que sejam naturais, os meios oferecidos pela naturopatia não são menos eficazes e efetivos. Por isso, existem contraindicações que dependem totalmente do perfil do indivíduo. Por exemplo, para mulheres grávidas, existem muitos óleos essenciais que não são recomendados. É o mesmo para pessoas com intestinos frágeis, crianças, bebês.

 

Naturopatia, tratamento e prevenção

 

A Naturopatia tem uma dimensão curativa, mas também e sobretudo preventiva. No sentido de verdadeira prevenção, aquela que visa manter um ótimo estado de saúde por todos os meios que a Natureza põe ao seu dispor. Aprendendo desde cedo a viver de acordo com as leis imutáveis ​​da Vida, evitamos criar desequilíbrios que levam a doenças.
 

É por isso que a Naturopatia é uma disciplina global, porque comer bem não é suficiente e não faz sentido se, além disso, é sedentário e estressado, se está infeliz no amor ou sobrecarregado de trabalho... O Naturopata, portanto, não se limita a alguns conselhos padronizados em um determinado campo, mas leva em consideração todos os aspetos que constituem a sua vida: você no seu ambiente.

Mesmo que a escala das mudanças a serem implementadas pareça imensa para ser alcançada, é necessário ter o Naturopata como guia que o acompanhará numa vida mais em sintonia com as suas necessidades profundas, que envolve um transtorno imediato ou pequenas mudanças a longo prazo.

O seu terapeuta ouve as suas necessidades, os seus meios (não apenas financeiros), o seu ritmo e adapta-se a eles para que os conselhos que recebe estejam de acordo com eles.

A sua consulta de Naturopatia é um momento único porque você é único.
 

 

"Se estiveres doente, procura primeiro o que fizeste par o estar."

Hipócrates

 

 

"Que o teu alimento seja tua única medicina"

Hipócrates


 

"Quando alguém deseja ter saúde, temos de lhe perguntar se ele está disposto a eliminar as causas da sua doença.

Só depois será possível ajuda-lo."

Hipócrates


 

"Somos o que comemos."

Jane Goddall

Faça o agendamento!
É fácil, rápido e seguro.